A infecção urinária é um tipo de contaminação comum do sistema urinário, que pode afetar a uretra, bexiga e rins.1-4 

Anualmente, mais de 10% das mulheres ao redor do mundo sofrem com os incômodos e dores decorrentes da infecção de urina. Pelo menos 50% das mulheres vão apresentar algum episódio de infecção urinária com sintomas ao longo da vida.¹ 

Em um sistema saudável, a urina é resultado da filtração do sangue pelos rins e se transporta sem contaminações. Porém, algumas bactérias externas podem invadir o trato urinário, subindo pela uretra.2 

Essa contaminação afeta, principalmente, a saúde da mulher, porque a uretra feminina é mais curta e próxima ao ânus, onde há a predominância da bactéria E. coli.2 

Quais são as principais causas da infecção urinária? 

Essas infecções são causadas por bactérias que entram na uretra e bexiga, facilitadas por cuidados íntimos precários. Um exemplo é o uso inadequado do papel higiênico por parte das mulheres– o indicado é passar o papel da frente para trás. Os episódios de infecção urinária podem ser isolados ou recorrentes.2 

Em alguns casos, a cistite bacteriana – infecção da bexiga – pode ser resultado do ato sexual, mas, mesmo em mulheres sexualmente inativas, a infecção por bactérias pode ocorrer, pois a área genital feminina abriga microrganismos causadores da cistite.³ 

Já a pielonefrite é a infecção dos rins, causada pela bactéria E. coli em 90% dos casos. Nessa situação, a bactéria migra da genitália até o órgão, levando a um quadro clínico mais grave do que na demais infecções urinárias, se manifestando com febre, dor lombar, queda do estado geral, náusea e vômito.4 

Quais são os sintomas da infecção urinária? 

Por conta da inflamação do trato urinário, o paciente pode sentir uma série de sintomas diferentes:  

  • dor durante o sexo; 
  • dor e/ou sangue ao urinar; 
  • dor no abdômen e/ou região pélvica; 
  • dor na lateral do corpo ou na região lombar; 
  • aumento da vontade de urinar durante a noite; 
  • necessidade de urgência ao urinar e incontinência.² 

Como evitar as infecções urinárias? 

As inflamações podem ser evitadas com alguns cuidados e adaptações do estilo de vida: 

  • boa higiene íntima;       
  • beber bastante água diariamente; 
  • usar peças de roupas mais folgadas e menos abafadas; 
  • urinar com maior frequência.² 

Quais são os tratamentos indicados para a infecção de urina? 

Para tratar uma infecção causada por bactérias é preciso procurar o médico. Normalmente, o principal meio de tratamento são os antibióticos, que matam esses microrganismos para eliminar a infecção.² 

Além do uso de medicamentos, beber bastante líquido ajuda no tratamento das infecções urinárias.² 

Independentemente da faixa etária, as mulheres são mais vulneráveis às infecções de urina e precisam ficar atentas aos cuidados diários para evitar a ocorrência e repetição da doença.  

Procure seu médico para obter outras informações. Acesse outros conteúdos sobre a saúde da mulher clicando aqui! 

Referências

1. The Brazilian Journal of infectious diseases. Joint report of SBI (Brazilian Society of Infectious Diseases), FEBRASGO (Brazilian Federation of Gynecology and Obstetrics Associations), SBU (Brazilian Society of Urology) and SBPC/ML (Brazilian Society of Clinical Pathology/Laboratory Medicine): recommendations for the clinical management of lower urinary tract infections in pregnant and non-pregnant women. Disponível em: https://antibioticoeantibioticos.com.br/wp-content/uploads/2020/05/publicacao.pdf. Acesso em: 21 de fev. de 2022. 
2. Cleveland Clinic. Urinary Tract Infections. Disponível em: https://my.clevelandclinic.org/health/diseases/9135-urinary-tract-infections. Acesso em: 21 de fev. de 2022.  
3. Mayo Clinic. Cystitis. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/cystitis/symptoms-causes/syc-20371306. Acesso em: 21 de fev. de 2022. 
4. Cleveland Clinic Kidney Infection (Pyelonephritis). Disponível em: https://my.clevelandclinic.org/health/diseases/15456-kidney-infection-pyelonephritis. Acesso em: 21 de fev. de 2022. 

M-N/A-BR-03-22-0025 – APROVADO EM ABR/22 – DESTINADO AO PÚBLICO EM GERAL